spac: o que é e como Funciona

Descubra aqui o que é SPAC

SPAC [Special Purpose Acquisition Company] tem como principal objetivo a aquisição de empresas. Saiba mais aqui!

SPAC e a sua popularidade no mercado financeiro

Antes de explicarmos o que é Spac( (Special Purpose Acquisiton Company, em inglês), vamos trazer um dado para chamar sua atenção para esse tipo de movimento de captação de recursos e investimentos, que não é novo, mas está ganhando enorme popularidade nos Estados Unidos.  A abertura de capital de SPAC’s (SPAC IPO’s) levantou, em 2020, 44% do total de capital levantado em IPO’s no período e, em número de captações, correspondeu a 47% do total, com 143 IPO’s nos EUA. 

Ou seja, metade dos IPO’s e do capital neles levantado nos EUA, em 2020, se deu em SPAC IPO’s – segundo o portal Spac Analytics. Impressionante, não? Então veja agora o que é SPAC!

o que é spac?

Uma SPAC é uma empresa, normalmente uma holding (empresa de participações societárias), constituída, essencialmente, com a finalidade de levantar fundos, via IPO, para aquisição futura de outra empresa – ainda desconhecida. Simplificando, uma empresa SPAC levanta dinheiro para depois se fundir ou comprar uma empresa privada. 

Apelidadas de “cheque em branco” no mercado americano, as SPAC’s levantam capital, via abertura em bolsa, sem que exista uma operação por trás, mas somente um grupo de pessoas que levantam recursos para adquirir outra companhia. Ou seja, o único objetivo declarado de uma SPAC é fazer aquisições com os recursos captados via IPO

Mas como isso é possível? É o que vamos mostrar a seguir. Acompanhe.

Como funciona uma spac? 

Como vimos até aqui, SPAC é uma empresa criada com o único propósito: o de adquirir outra empresa. Em outras palavras, uma SPAC não tem modelo de negócio, o único objetivo é levantar capital. Com esse propósito, normalmente, pessoas conhecidas por seu histórico empreendedor atuam como embaixadores das SPAC’s para que os investidores no IPO confiem no “projeto”.

Em resumo, os investidores na abertura de capital acreditam na capacidade daquele grupo de pessoas e na figura do embaixador para, após levantar fundos, encontrar uma empresa para ser adquirida. 

Usualmente, a figura do embaixador, personalidade com reconhecida expertise no mercado, é essencial para que a abertura de capital da SPAC seja promissora e, ainda que não haja definição da empresa a ser adquirida, dentro de um prazo de 2 anos para que seja feita a aquisição.

Além disso, o capital levantado no IPO fica inacessível em uma conta garantia (escrow account), somente sendo liberado quando da aquisição. 

como as SPAC’s compram ou se fundem?

Depois que um SPAC levanta fundos em um IPO, o grupo de gestão começa a procurar “empresas adequadas para investir”. Caso a empresa-alvo seja mais cara do que o dinheiro arrecadado no IPO, a SPAC associa-se a outros investidores para levantar mais capital ou recorrer a outras fontes de financiamento, como emissão de dívida.

Se a fusão ou aquisição for acordada, a SPAC de capital aberto se transforma essencialmente na empresa adquirida e, em muitos casos, pode adotar um novo código de ações.

Bom saber! O grupo de gestão normalmente desempenha um papel ativo no conselho de administração da nova empresa e ajuda a administrar a empresa como uma empresa pública.

Spac e as vantagens deste modelo de captação

A lógica é que a captação, via IPO, é capaz de movimentar um volume grande de capital, via oferta pública registrada, a qual, no entanto, por não haver operação na empresa, se dá de forma mais rápida, menos burocrática e mais barata.

Assim, ao invés do caro e demorado trâmite de abertura de capital, depois de a empresa construir toda a jornada até o IPO, faz-se o caminho inverso. Isto é, capta-se recurso com mais facilidade e confiando-se no grupo de empresários por trás, especialmente do “sponsor“e, por conseguinte, adquire-se uma empresa (target), que ficará sob o guarda-chuva de uma empresa de capital aberto recém constituída. 

Segundo relatório da PWC, um IPO leva mais de um ano em todo seu processo, ao passo que, via SPAC, leva, em média, 3-4 meses. Além disso, dentre os benefícios da SPAC podemos citar a estabilidade da abertura de capital, ao contrário do IPO em que os valores podem flutuar e, também, a parceria estratégica com os empresários por trás da SPAC [ cbinsights]

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é fPq3IjDid7VVmFFuKcTzLHd_GiVomunlX74YCrkSrn-uLBnWbNsdBh96SBOvsW9o2oxMVu5gn3S5DLqjwI1O2dvnq0vezQnQQhG_4UhnuQX5VW38Z82vqQNZidVzOK0GnvGgiArH

Conclusão

A SPAC é uma forma atraente de abrir o capital, apesar de sua complexidade, visto que oferece às empresas uma maneira mais fácil de levantar capital e tornar-se pública. Do ponto de vista de uma empresa que tenta abrir o capital, o roadshow do IPO pode ser preocupante. Apresentar o modelo de negócio para inúmeros investidores em todo o país dá muito trabalho. 

O preço das ações também depende muito de quão bem o roadshow do IPO vai, o que significa que há muita incerteza sobre quanto capital a empresa pode levantar. Neste sentido, as SPAC’s fornecem um balcão único para uma empresa obter o capital previsto ou desejado. Ademais, a empresa pode contar com uma receita estável e segura sem estar sujeita a grandes oscilações de preços.


Gostou deste conteúdo? Você pode se interessar também pelo nosso artigo que explora a diferença entre o Valuation pré-money e post-money!

Veja mais insights do slap.LAW