Signal: Foco na privacidade

O aplicativo de mensagens @signal_app, que foca na segurança e privacidade dos usuários, está ganhando cada vez mais adeptos em todo o mundo. Inclusive, ultrapassou o @whatsapp nos últimos dias, como o app mais baixado nas lojas de aplicativo de Android e iOS.

Entre as pessoas que estão incentivando o download do app de mensagens, estão nomes como @elommusk, considerado recentemente o homem mais rico do mundo, e @jack dorsey, CEO do @twitter.

Esse movimento ganhou mais relevância a partir da recente atualização da política de privacidade do @whatsapp, que acabou por deixar evidente a possibilidade de compartilhamento dos dados veiculados na plataforma de mensagens com a plataforma do @facebook. 

Além disso, a partir da nova política de privacidade, o Facebook destacou que embora as mensagens transmitidas nas contas comerciais sejam criptografadas, o Whatsapp não considera que nesses casos exista uma criptografia “de ponta a ponta” porque as empresas podem disponibilizar esse conteúdo para terceiros, como serviços de gerenciamento de mensagens.

No meio dessa briga entre aplicativos de mensagens, cuja maior qualidade para o usuário é a privacidade, um fato curioso merece ser pontuado: Brian Acton, um dos cofundadores do Whatsapp, acabou deixando a empresa exatamente por não concordar com as políticas de privacidade, e é hoje um dos donos do Signal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais insights do slap.LAW