Scale-up: o que é e como se diferencia de uma startup

Veja aqui uma definição do que é scale-up

Muitos empreendedores sonham em crescer seus negócios e torná-los verdadeiras “ scale-ups ”. Mas o que significa isso exatamente?

Scale-up e startup: quais as diferenças?

. A startup ainda está buscando encontrar o seu Product Market Fit enquanto a scale-up já superou essa fase e está escalando sua operação. Em outras palavras, as scaleu-ps são startups em estágio de maturidade maior.

Na verdade, estamos falando de dois tipos diferentes de modelos de negócios: Inovação Vs. Expansão. Por exemplo, há muitas características que podem ser atribuídas a uma scale-up, mas uma grande diferença entre uma startup e uma scale-up é a quantidade de tempo que leva para que a empresa alcance seus objetivos.

Uma startup pode ser pequena durante anos antes de atingir seu primeiro milhão em receita, enquanto uma scale-up pode tornar-se lucrativa dentro de 12 meses após o lançamento.

De forma resumida, há três características-chave que diferenciam as scale-ups das startups:

  • demonstram sucesso comercial, geralmente através de vários anos de lucratividade;
  • fornecem um produto ou serviço validado que é atraente para os clientes;
  • são capazes de investir fortemente em vendas e esforços de marketing a fim de alcançar um crescimento rápido dentro de um curto período.

Para que você entenda de forma simples e rápida o conceito de uma scale-up, vamos retomar rapidamente o que é uma startup e explorar as principais características das scale-ups. Vamos lá?

Startups


Esse é um tema que exploramos diversas vezes por aqui, mas sempre vale a pena relembrar. Uma startup é uma empresa que ainda está em processo de desenvolvimento de seu modelo de negócios, produto e equipe. Em outras palavras, é uma empresa que ainda não tem o fluxo de caixa suficiente para operar em ritmo constante e atingir o lucro. Elas precisam das premissas da escalabilidade (estrutura ampliada) para crescer rapidamente.

Ademais, as startups têm um forte enfoque no cliente e buscam identificar as necessidades e desejos de seu público-alvo e desenvolver produtos e serviços adequados a eles. É exatamente esse processo de orientação ao cliente que garante que as startups sejam competitivas e atinjam seus objetivos.

O que é uma scale-up?

Scale-up é um termo que surgiu nos anos 90 e tem a ver com o crescimento de uma empresa acima do esperado. Ou seja, é um negócio que cresce rapidamente e já possui um modelo de negócio praticamente comprovado pronto para entrar no mercado e se expandir. Um exemplo disso é o Uber, que começou como uma startup mas logo se transformou numa scale-up.

Principais Características das Scale-ups:

  • Apresentam um rápido crescimento em seu faturamento, em seu número de funcionários e em seu valor de mercado. 
  • Crescem muito mais rápido do que as empresas tradicionais. Elas podem crescer em produtividade, em mercado ou em ambos.
  • São mais inovadoras do que as empresas tradicionais. Elas se diferenciam por oferecer produtos e serviços inovadores, por ter um bom funcionário e por ter uma cultura inovadora.
  • Costumam ter um alto valor de mercado. Isso acontece porque as scale-ups são capazes de crescer muito rápido e se tornar líderes em seus mercados.
  • Taxa de crescimento: pelo menos duas vezes mais rápida do que a média de sua indústria.
  • Sustentabilidade: lucro consolidado e crescente ao longo de vários anos.

Scale-up é a evolução de uma startup?

Embora não exista uma definição precisa, uma scale-up geralmente é entendida como uma empresa que superou sua fase de inicialização e está focada em crescimento rápido. Além disso, não há um conceito estabelecido ou padrões para determinar o momento exato em que essa transição ocorre.

Pode acontecer, por exemplo, quando a empresa atinge um novo nível de maturidade, e isso pode ser medido de várias formas, como:

  • aumento de lucros;
  • vendas recorrentes;
  • crescimento rápido do quadro de funcionários;
  • expansão geográfica.

Por isso, é importante que as startups busquem consultoria para orientá-las e ajudá-las a alcançar seus objetivos. A consultoria pode fornecer as orientações necessárias para que as startups cresçam de forma saudável e se tornem competitivas em seu mercado.

Para ampliar seus conhecimentos sobre o tema, sugerimos a leitura do artigo Ciclo de Vida de uma Startup.

Veja mais insights do slap.LAW