Jogo de Gigantes

Ninguém mais duvida do potencial do mercado dos Games, especialmente após um ano de isolamento, em que as pessoas foram obrigadas a ficar em suas casas e tiveram todas as permissões e até incentivos para estarem na frente das telas.

Mas o que poucos sabem é que a indústria dos Games já é a maior dentre os mercados do entretenimento. Só em 2019, ou seja, antes da Pandemia da COVID-19, o mercado movimentou cerca de 120 bilhões de dólares e vem crescendo 12% ao ano. 

Esse mercado é tão grande e tem tanto potencial que, nos últimos anos, três das maiores e mais importantes empresas de tecnologia do mundo lançaram suas plataformas de Streaming de Games entrando de vez no jogo: Google lançou a Stadia, Amazon a Luna e a Apple a Arcade. 

A Apple, com esse movimento, já se juntou à Tencent, Sony, Microsoft e Nintendo entre as 5 maiores empresas de Games do mundo. 

No Brasil, embora ainda não tenhamos números tão expressivos, temos por aqui a Wildfire, que é um dos unicórnios brasileiros e tem em sua base mais de 1 bilhão de usuários e pretende ser referência mundial no mercado de jogos para celulares. 

Segundo o II Censo da Indústria de Jogos Digitais, entre 2014 e 2018 o Brasil tinha, aproximadamente, 400 empresas de Games, que produziram mais de 1700 jogos, números que hoje devem estar bem maiores. 

Ainda segundo esse estudo, o Brasil tem mais de 75 milhões de jogadores, fazendo do país o maior mercado da América Latina, mas, apenas, o 13o do mundo. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais insights do slap.LAW