Embraer entra na corrida pelo espaço aéreo urbano

Em busca de dominar o céu urbano, a startup Eve Urban Air Mobility, subsidiária da Embraer, firmou um memorando de entendimentos com a empresa americana Bristow Group. O objetivo é atuar no desenvolvimento de um modelo de operação de mobilidade aérea urbana utilizando a experiência da Bristow no transporte de passageiros.  

Para atingir este objetivo, a Bristow anunciou a encomenda de até 100 aeronaves elétricas de pouso vertical até 2026, os chamados “carros voadores”. Visando ampliar as possibilidades de tráfego aéreo em espaços urbanos, estas aeronaves poderão pousar e decolar, verticalmente, em espaços pequenos.

O projeto atual vislumbra um veículo com cinco passageiros e um piloto. Mas a parceria não vai parar por aí. Com o desenvolvimento da tecnologia de veículos autônomos, poderão ser transportados até seis passageiros. O modelo ainda visa reduzir em até 80% a poluição sonora, em comparação a um helicóptero convencional.

 Várias empresas aéreas, como Gol e Azul, também estão na corrida pelo espaço aéreo urbano. A promessa é de viagens rápidas, baratas e com energia limpa. Este salto tecnológico é a grande aposta no futuro para novas formas de transporte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais insights do slap.LAW